Boas Práticas

COMPOSIÇÃO E DISPONIBILIDADE DOS PRODUTOS

Dados estatísticos compilados pela PROBEB em 2013 mostram que a redução do aporte calórico per capita com origem nas bebidas refrescantes não alcoólicas, no mercado português, foi muito significativa nos últimos anos (24% entre 2006 e 2012).



Esta redução tem sido conseguida com recurso ao avanço tecnológico, que tem permitido a fabricação de produtos com o mesmo rigor qualitativo mas com menos calorias e consequente transferência de consumidores dos refrigerantes regulares para os sem ou de calorias reduzidas e, também, por via da contracção do mercado.




A transferência para consumo de bebidas refrescantes sem ou com calorias reduzidas é possivel porque consumidores têm hoje à sua escolha um leque vastíssimo de produtos, que correspondem às necessidades e gostos de todos.

Com efeito, o consumo de bebidas refrescantes sem ou calorias reduzidas cresceu, no período de 2006 a 2012, 7,2%, enquanto que no mesmo período o consumo de bebidas refrescantes regulares caiu 19,9%.

A indústria tem procurado envolver outras entidades com impacto nas escolhas dos consumidores (empresas de distribuição, profissionais de saúde, media, etc), para que contribuam de forma coerente e sinérgica para este objectivo.

INFORMAÇÃO NUTRICIONAL DIRIGIDA AOS CONSUMIDORES

Estamos comprometidos em garantir a todos os consumidores uma informação correcta e rigorosa, com bases sólidas e científicas, através da rotulagem nutricional presente nas bebidas refrescantes não alcoólicas. Esta boa prática da indústria de bebidas refrescantes não alcoólicas permitirá aos consumidores terem noção do aporte calórico e da composição das bebidas que pretendem consumir, considerando os Valores Diários de Referência, baseados numa dieta de 2.000 Kcal.




MARKETING E PUBLICIDADE DIRIGIDOS A CRIANÇAS

A PROBEB, enquanto representante do sector das bebidas refrescantes não alcoólicas, subscreveu no âmbito da FIPA (Federação das Indústrias Portuguesas Agro-Alimentares), compromissos que reflectem progressos significativos na expansão e reforço do processo de auto-regulação da comunicação comercial, dinamizados e apoiados por associações como a APAN (Associação Portuguesa de Anunciantes).

Neste contexto, a PROBEB apoia o Código de Conduta da FIPA versando práticas de publicidade e comunicação comercial, particularmente quando dirigidas a crianças. As empresas associadas da PROBEB respeitam activamente compromissos voluntários, monitorizados e reportados de forma independente.


PROMOÇÃO DA ACTIVIDADE FÍSICA E ESTILOS DE VIDA SAUDÁVEIS

A PROBEB tem assumido muito claramente a defesa de um estilo de vida activo e de um consumo responsável por parte de todos os consumidores. São várias as iniciativas da indústria de bebidas refrescantes não alcoólicas no fomento do desporto em geral, sobretudo entre os mais jovens. Esta postura tem sido benéfica na luta contra o sedentarismo e uma valiosa ajuda para os consumidores cultivarem uma atitude mais positiva na vida em sociedade.

  • Estratégias de comunicação orientadas para o apoio a desportos de mar, como o Surf ou o Body Board.
  • Iniciativas como a “Vida Activa” dirigidas a jovens, entre os 13 e 15 anos, concretizadas em torneios de futebol masculinos e femininos, abrangendo 30.000 participantes em todo o país.
  • Patrocínio de torneios de ténis e de futebol de praia (Mundialito).
  • Apoio à prática de desporto em geral, a grupos habitualmente excluídos.



PARCERIAS

A PROBEB apresentou o seu empenho quanto ao envolvimento numa estratégia nacional integrada para a promoção de estilos de vida saudáveis.

Nesse âmbito, a PROBEB preconiza, entre outros, os seguintes objectivos:

  • Assegurar a dinamização de fórum de diálogo para depósito de compromissos sinergéticos e integrados assumidos entre diferentes entidades;
  • Defender as posições transversais da Industria Alimentar, com particular relevância para os temas:
      • Informação nutricional e rotulagem
      • Comunicação comercial para menores e práticas comerciais nas escolas
      • Educação alimentar
  • Promover a adopção e implementação de mecanismos efectivos de monitorização dos resultados e não apenas das acções, definindo um conjunto de indicadores (observatório medindo a evolução da massa corporal, da composição da dieta nacional e da actividade física da população).
FACTOS E MITOS
Hidratação
INDICADORES AMBIENTAIS
O SECTOR
Av. Miguel Bombarda, nº 110, 2º Dto, 1050-167 Lisboa
Tel: +351 217940574/75 Fax: +351 217938233 Email: geral@probeb.pt

© PROBEB. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Netmais